segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Aquele em que eu voltei pra casa

O mais engraçado é como a vida de fato é uma montanha russa. Um dia eu falo sobre como foi o 1o final de semana na casa da HF e no outro eu falo em como é bom estar em casa. Desde o acontecido na outra casa eu desanimei muito com relação ao programa. Acho que eles vendem pra gente um intercâmbio e vendem pras famílias uma mão-de-obra-barata. Respeito nessa relação é difícil de encontrar e a frustração, pelo que vivi e vi, ocorre dos dois lados. Eu não sei o que os americanos pensam mas a impressão que tive é que acham que estamos morrendo de fome no nosso país e fomos 'tentar a sorte' ou que fomos em busca do greencard. Vai saber! Só sei que mesmo falando da minha vida aqui no Brasil, o que eu fazia e o que buscava ao fazer intercâmbio, não encontrava o respeito que eu mereço. Morar na casa dos outros podendo ser expulsa a qualquer momento, tendo que engolir vários sapos e mais mil coisas que vão aparecendo no caminho faz com que você repense no porque está vivendo aquilo. O meu objetivo principal, óbvio, era o inglês. Depois de muito pensar e analisar como estava a minha vida na terra do primo Obama eu decidi que não valia mais a pena. Meu inglês está bom. Eu falo o que quero, entendo, escrevo, leio. Perfeito! Era o que eu queria. Vocabulário eu preciso, mas é o tipo de coisa que você pode aprender se estudar. Pontuado isso, pra que ficar sofrendo e passando pelo inferno na terra? Pra viajar, pra comprar, comprar e comprar? Pra mim não valia mais a pena e por isso voltei. Decisão tomada na sexta-feira, passagem comprada pro sábado, chegada em casa no domingo de madrugada. Sensação de alívio e de felicidade por estar de volta e com isso a certeza que tomei a decisão certa.

E é isso, meu povo. Fim da vida de intercambista e reinício da vida real. Boralá bolar o plano B né? Mas só de estar em casa me sinto muito muito melhor. O primeiro dia em casa? Perfeito! Rodeada pela família e pelos amigos que tanto amo!

Boa sorte pra quem ainda vai encarar esse desafio, boa sorte pra quem está encarando esse desafio e boa sorte pra gente que voltou e vai recomeçar.

4 comentários:

Drielly Moraes disse...

Oláaa!

Parabéns .. e boa sorte nessa nova fase .. as coisas acontecem pro nosso bem, a gente pode até não acreditar, mas na maioria das vezes foi pro nosso próprio bem!
Você já é uma sobrevivente! rs'

Beeeijoness flor :)

Gisella disse...

Puxa Glau.. surpresa.. Olha, sua experiência foi incrível e com o objetivo alcançado, dever cumprido! Boa Sorte agora com o recomeço! Sucesso!!! Beijos

Júlia Araújo disse...

Nossa, Glau, que surpresa! Mas ó, tô feliz por você estar feliz. Boa sorte nessa nova etapa e que venha o plano b!

Júlia Araújo disse...

Muito obrida, Glau! Mas ó, não importa o caminho que você vai seguir agora, continuo na torcida por você. E vamo que vamo!